h2o.eco.br

h2o.eco.br

Opinião - Yves Besse

Yves Besse

Maldita, mas bendita pandemia

Yves Besse*


Maldita pandemia que paralisou e empobreceu o mundo.

Bendita pandemia que nos levará a ser mais sustentáveis do ponto de vista social, econômico e ambiental. 
Bendita pandemia que nos mostrou que há diferença entre filantropia e ação social – paliativas e de curto prazo -  e sustentabilidade - contínua e de longo prazo. 

Maldita pandemia que nivelou o mundo e eliminou as diferenças raciais, econômicas, sociais e culturais.

Bendita pandemia que mostrou sermos todos iguais diante dela e perante o mundo.
Bendita pandemia que deixou claro que as políticas públicas privilegiaram a população mais favorecida em detrimento da menos favorecida.
Bendita pandemia que nos mostrou que as políticas públicas devem ser para todos independente das condições socioeconômica, cultural e racial dos cidadãos.

Maldita pandemia que deixou nossos políticos, cientistas, economistas, juristas, acadêmicos e nossa mídia totalmente perdidos e irracionais para enfrentá-la.  

Bendita pandemia que obrigará nossos políticos, cientistas, economistas, juristas, acadêmicos, artistas e nossa mídia a trabalharem juntos para uma sociedade melhor.
Bendita pandemia que está nos obrigando a repensar nossas prioridades e a nos conscientizar-nos da importância de escolher bons governos, eleger bons políticos para construírem políticas públicas mais inclusivas para que alcancemos níveis socioeconômicos e ambientais mais equilibrados.

Maldita pandemia que adoeceu, confinou e exigiu das pessoas cuidados extremos.

Bendita pandemia que nos mostrou a importância da saúde, da habitação e do saneamento. E que nos evidenciou que saúde cura, habitação protege, água salva e esgoto contamina.
Bendita pandemia que nos induzirá a desenvolver programas de “saúde melhor”, de “favela zero” e de “saneamento para todos”.
Bendita pandemia que nos obrigará a viver de maneira mais sustentável, mais saudável, cuidando para que o meio ambiente seja melhor.
Bendita pandemia que poderá fazer com que se priorize investimentos em saúde, habitação e saneamento para todos.
Bendita pandemia que finalmente convencerá o mundo financeiro que investir de maneira sustentável em saúde, habitação e saneamento é empregar corretamente o conceito de investimento ASG - ambiente, saúde e governança.
Bendita pandemia que nos permite finalmente enxergar a necessidade de viver em um país com saúde, habitação e saneamento universalizados.

 
* Yves Besse é engenheiro, especialista em saneamento. Ocupou cargos de direção em grupos mundiais como Dumez-GTM, Lyonnaise des Eaux e Suez, foi CEO da VWT Project Latam do grupo mundial Veolia e fundou e presidiu a CAB Ambiental hoje Iguá Saneamento. Foi presidente da Abcon – Associação Brasileira dos Concessionários Privados dos Serviços Públicos de Água e Esgoto e membro do conselho da Aquafed - Federação Internacional dos Operadores Privados de Saneamento.